24
novembro
2021
FONTELO JÁ TEM RELVADO MAS SEM ILUMINAÇÃO ESTÃO EM RISCO OS JOGOS DO ACADÉMICO

O Estádio do Fontelo, em Viseu, já tem um novo relvado e em breve estará em condições de ser utilizado para jogos de futebol, mas a falta de iluminação está a hipotecar a utilização do estádio para receber os jogos do Académico de Viseu, como visitado, na II Liga.

A autarquia de Viseu espera que, até final de dezembro, o empreiteiro dê por concluídas as obras no estádio, e nos espaços envolventes, mas o reforço da iluminação não estava previsto na empreitada e, segundo o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, o orçamento para a nova iluminação é de 600 mil euros.

O autarca garante que mais cedo ou mais tarde o Fontelo terá iluminação, mas só depois de assegurada a forma de financiamento, o que poderá condicionar a autorização da Liga de clubes para que o Académico possa regressar ao Fontelo.

O problema é complexo já que, por lei, o município não pode subsidiar SAD´s, nem a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) subsidia autarquias, sendo necessária uma situação de compromisso jurídico que contorne estes obstáculos e permita à SAD do Académico receber o apoio financeiro que a FPF disponibiliza para a melhoria de infraestruturas desportivas, incluindo a iluminação artificial.

Assim, e porque o regulamento não permite que os clubes tenham dois estádios, em simultâneo, para a competição, Aveiro tem sido a solução de reserva aprovada pela Liga para os jogos, só enquanto o Fontelo não estiver pronto, e assim que o Académico pedir a vistoria e o estádio for aprovado, terá que regressar a Viseu.

Fonte da SAD academista garante que estão a “acompanhar o processo” e a “procurar soluções concertadas”, mas, ao que apurámos, não estará na disposição de assumir todos os custos com a nova iluminação, lembrando que a utilização do estádio não é exclusiva do clube, sendo utilizado, em especial durante a noite, para treinos de atletismo de diversas coletividades.

Sabendo que a Liga Portugal tem mostrado alguma intransigência em permitir estádios sem todas as condições previstas no regulamento de competições, e sendo a iluminação um desses itens, prosseguem os contactos entre as partes até porque, em causa, estarão igualmente as transmissões televisivas de jogos à noite, impossíveis sem que o Fontelo tenha luz artificial com potência suficiente, o que não acontece nesta altura.

Copiar link da notícia